O ACERVO

fotoacervo1.fwDepois do falecimento do escritor (1988), o seu acervo permaneceu na casa onde ele morava,em Mundo Novo.

A documentação encontrava-se distribuída em armários e estantes em vários cômodos da casa, inclusive no porão.

A partir de 1999, Helder Sampaio, sobrinho do escritor, transferiu a guarda do acervo para Patrício Nunes Barreiros que se encarregou de sua organização.

Hoje, o acervo do escritor encontra-se no MT26A, módulo 2, da Universidade Estadual de Feira de Santana.

DESCRIÇÃO DO ACERVO

O acervo de Eulálio Motta compõe-se principalmente de documentos arquivados pelo seu titular, por isso, partiu-se da ordenação dada por ele para estabelecer as séries e subséries. Após análise do material, foram identificados 2.416 documentos, cobrindo o período de 1910 a 1988.
Os documentos foram acondicionados em:

a)10 caixas plásticas (40 cm de largura por 30 cm de comprimento e de altura), com tampas em cores verde (3), roxa (6) e laranja (1);

b)5 pastas catálogo tamanho A3;

c) o diploma de Bacharel em Farmácia e a máquina de escrever estão guardados em recipientes próprios.
Todo o acervo ocupa um único armário.

Os documentos guardados dentro das caixas estão dispostos em envelopes pardos que, por sua vez, são colocados dentro de pastas suspensas ou pastas catálogos, devidamente numeradas e mantidas na horizontal para evitar a quebra do papel pela ação da gravidade. Devido às suas dimensões, os jornais foram guardados em pastas catálogos A3.

Quando foram encontrados, os documentos estavam separados obedecendo a alguns critérios de tipologia. Os cadernos, as fotografias e os panfletos estavam guardados em caixas de papelão, os datiloscritos, diplomas e manuscritos em pastas, os jornais e os folhetos em gavetas.

Tomando como base a ordenação dada por Eulálio Motta, estabeleceram-se 9 séries com subséries.
Os documentos doados, posteriormente, por familiares e amigos do escritor, foram incorporados ao acervo e distribuídos em alguma das séries já estabelecidas.

Para organizar o catálogo, constituiu-se um banco de dados eletrônicos , utilizando o software Microsoft Office Access, alimentado a partir de uma ficha com os seguintes dados:

a) número de registro (para cada documento o programa estabelece um número em ordem crescente);
b) série;
c) subsérie;
d) código catalográfico;
e) período coberto pelo documento;
f) especificação do tipo de documento;
g) descrição (em dois campos);
h) assuntos relacionados;
i) localização no acervo;
j) data da entrada do documento;
k) doador;
l) dossiê;
m) formato digital (link para o arquivo digital, no caso do documento já ter sido digitalizado);
n) estado de conservação;
o) observações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s