O ESCRITOR

EF1.348.CV2.05.035aO escritor baiano Eulálio de Miranda Motta nasceu em 15 de abril de 1907, em Alto Bonito, pequena vila de Mundo Novo. Ele viveu sua infância entre o arraial e a Fazenda Morro Alto. A vivência no ambiente rural deixou fortes marcas no imaginário do poeta. Na adolescência, ele morou em Monte Alegre (hoje Mairi), onde trabalhou como balconista numa farmácia e conheceu a jovem Edy, por quem se apaixonou. Ela se casou com outro e Eulálio Motta alimentou um amor platônico durante toda a sua vida. Em 1925, ele se mudou para Salvador, instalando-se no Ginásio Ipiranga. Nos tempos ginasianos, conheceu Jorge Amado com quem manteve amizade. Cursou Farmácia na antiga Faculdade de Medicina da Bahia, em 1933, concluiu os estudos e retornou a Mundo Novo. No período que viveu em Salvador, Eulálio Motta participou da vida literária local publicando seus sonetos em revistas e jornais. Ele chegou a publicar dois livros de poesias, na década de 1930. Tornou-se integralista em 1933 e militou nas trincheiras da Ação Integralista Brasileira. Em 1934, abriu uma farmácia em Itabira (uma comunidade quilombola no município de Miguel Calmon), onde viveu até 1935, quando estabeleceu uma farmácia em Mundo Novo, retornando à cidade natal. Em 1948, publicou mais um livro de poesia, reeditado em 1983. Entre as décadas de 1930 e 1980 publicou panfletos em Mundo Novo, participando efetivamente dos acontecimentos políticos da cidade. Eulálio Motta faleceu em Salvador em 1988.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s